Dá pra ver tudo que postei sobre o Interaction South America 2014 aqui nessa tag. Mas o que não dá pra perder mesmo é esse vídeo da mesa redonda que participei com mais três convivas. Discussão densa :)

Mais sobre o painel: http://isa.ixda.org/2014/panel-agile

Anúncios

O Luis Felipe fez a gentileza de convidar eu e o Pedro Belleza pra um papo sobre o Interaction South America 2014 (publiquei algumas coisas sobre o evento com esse tag: ISA14). O resultado foi uma hora de prosa que vocês conferem aqui ó:

O papo de hoje é sobre o evento Interaction Design South America 2014, que aconteceu em novembro de 2014 em Buenos Aires, Argentina!

Pela primeira vez não estou sozinho aqui trazendo conteúdo para o UX Links e UX Academy! Dessa vez fiz um Hangout com dois grandes profissionais de UX: o Pedro Belleza e o Thiago Esser!

Fizemos um bate-papo informal de mais ou menos 1 hora e meia, que editei pra vocês e deixei só as partes mais importantes.

Os assuntos que falamos foram:
– Visão geral do evento
– O melhor dos 2 primeiros dias
– Agile UX
– Pesquisa Lean
– Princípios de Design
– O melhor dos 2 últimos dias
– Lean UX
– Inovação
– Design Narcisista
– Pontos positivos e negativos do evento

————————————-
Se quiser acompanhar os próximos vídeos e podcasts, é só se inscrever no link abaixo:

http://www.uxlinks.com.br

————————————-

Links citados neste vídeo:

http://www.uxacademy.com.br
http://www.uxlinks.com.br
http://www.uxnivers.com

Mesa Redonda

Já comentei com os outros, mas reforço aqui: essa mesa redonda (a mesa em si afastamos pra fica mais próximos da platéia) foi umas das — senão a — mais interessante(s) experiência que tive de apresentação de idéias em público. Bueníssima onda. Gracias compañeros!

10613039_841309542558346_1278662436680560709_n
On the middle of cross-fire
10350449_939843109377955_6211003944958653774_n
Danilo Barros, eu (Thiago Esser), Carlos Rosemberg e Pedro Belleza

Workshop

O Pedro segurou o rojão na primeira parte do nosso workshop, pois tive que resolver problemas na capital argentina. Aqui dá pra ver que mandou bem solito.

Na segunda e terceira parte, rodamos dinâmicas como a de personas e jornada dos usuários.

Slides

Fotos

Tássia e Natália da TW, que rodaram um workshop de Design Thinking no dia anterior. Bueníssima gente no ISA14!

Feedbacks

O tweet do Pedro com os slides teve alguns RT e favoritadas :))

Essa foi a palestra que apresentei nessa manhã de sexta (17/out) no TDC 2014 Porto Alegre, dentro da Trilha Startups.

UXparaStartups
Imagem com link para o Prezi.

10390916_807753969284983_8811293426041107332_n
Foto: Global Code

Foto: Global Code
Foto: Global Code

Downloads

Baixe o arquivo aqui na versão em PDF ou a imagem em alta definição. Se quiser usá-la numa palestra sua, me dê um toque por email :)

Referências

Textos que me ajudaram a bolar a palestra:

Comentários ou dúvidas sobre a minha apresentação? São bem vindos aqui embaixo.

Nessa oficina/workshop, apresento algumas ferramentas para desenhar telas e fazer protótipos navegáveis. O papo rolou dia 17/set/2014 na uMov.me.

Por que assistir?

  • Essa técnica permite visualizar melhor demandas de clientes – fazer um bate-e-volta com eles sem gastar muito verbo (nem verba :-);
  • Facilita a comunicação na hora de passar as demanda para desenvolvimento;
  • Além de dar margem para oportunidades não imaginadas inicialmente.

Vídeo

Slides

Desdobramentos

Durante a oficina, enquanto falávamos que praticamente qualquer ferramenta serve pra prototipar, o meu colega Ivair (Atendimento) mostrou essa brilhante idéia: prototipar um móvel usando Excel! Com a possibilidade que o programa dá de usar medidas para o tamanho das células, ele conseguiu chegar a um desenho de proporções iguais ao móvel que veio a ser produzido depois.

movel

(Post originalmente publicado no blog uMov.me Labs)

 

Enquanto houve bate-papo, foi um bate-papo divertido. Depois virou uma apresentação mão-única, também divertida. Aí está o Minicurso de UX Design (www.uxnivers.com/miniux), que eu ministro pela UXniversity, em toda sua glória. 12h em uma.

foto: mattcornock (flickr)

Para quem quer conhecer um pouco dos conteúdos abordados no Minicurso de UX Design (próx. edição: Fortaleza, em março), taí a oportunidade! Um vídeo com algo em torno de 50 min.

Nessa oportunidade, falei para o público especialmente feminino do Technovation Challenge,

“uma competição que inspira meninas a se tornarem mais do que usuárias de tecnologia”.

Parte 1

Parte 2

Slides

Transcrição dos slides

  • Minicurso de UX (RESUMO) @thiagoesser
    DESIGNER NA UMOV.ME | FAZEDOR NA UXNIVERS.COM
  • Qual o valor do Design Centrado no Usuário?
  • Diagrama de ALAN COOPER
  • Design Centrado no Usuário: É um processo de criação que se baseia nas necessidades, desejos e limitações das pessoas.
  • Pensem no trânsito Quem são seus usuários? O que eles precisam? O que eles querem? Até onde podem ir?
  • User Experience (UX): Toda a interação que temos com um produto, serviço ou marca.
  • As camadas do Design para a Experiência do Usuário
  • Design Visual Estética. “Como eu pareço?”
  • Arquitetura da Informação Organizar as informações. “O que tem mais ou menos peso?” (hierarquia)
  • Design de Interação Fluxos. “Como eu vou daqui pra lá?”
  • Usabilidade: Ergonomia. “Fácil de usar?”
  • Textos: Linguagem. “Dá pra entender bem?”
  • Lado Lógico, intelectual, exato “Faz sentido?” “Preciso pensar muito?”
  • Lado emocional, afetivo, criativo Visual Aquilo que causa prazer
  • Pensamento (ÓBVIO PARA MIM)  — Visual (ÓBVIO COMPARTILHADO)
  • Protótipos!
  • Mapas mentais: Como nascem e fluem as idéias?
  • Desenho: “Coisa de criança” “Não sei desenhar” Mitos
  • Personas/Arquétipos
  • Style guides

Fotos: Bruno Said

Já havia postado aqui o vídeo da minha lightning talk sobre a prática do Design de Interação em ambientes de grande porte comparado aos de pequeno porte. Agora posto os slides (1), um sketchnote (2) feito pelo pessoal do blog Arquitetura de Informação e a discussão (3) gerada a partir deles.

Veja os comentários do post abaixo.

Foto: Juliana Fernandes

No Interaction South America desse ano falei sobre o contexto de trabalho do Designer de Interação em ambientes de grande porte comparado aos de pequeno porte.

Em resumo: há pontos positivos e negativos em ambos casos. O que muda é como as lideranças enxergam essa abordagem diferencial e agregadora que o Design Centrado nos Usuários.

Obs.: No vídeo, ficou faltando um trechinho no fim da palestra onde proponho que o design seja centrado nas pessoas (e não só nos usuários), e que não se faça somente redesign de produtos, quando necessário, mas na empresa toda.

Ou melhor, um redesenho na forma como esta encara o processo de elaboração/design dos seus serviços, uma vez que isso condiciona inegavelmente o resultado do que é produzido ali.